Cel/Whatsapp: +55 51 98553-9619   Login
LNCC expande a capacidade de processamento do Supercomputador Santos Dumont de 1.1 pflops para 5.1 pflops

LNCC expande a capacidade de processamento do Supercomputador Santos Dumont de 1.1 pflops para 5.1 pflops

O Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC, Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), inaugura no próximo dia 25 de novembro  a expansão do supercomputador Santos Dumont. O projeto teve  suporte financeiro oriundo da receita de um por cento do valor bruto da produção anual de petróleo do campo de Mero, situado no polo pré-sal da Bacia de Santos. A destinação de recursos para atividades de pesquisa e desenvolvimento é parte das obrigações do contrato de partilha de produção de petróleo.

O campo de Mero é operado pelo Consórcio de Libra e liderado pela Petrobras – com participação de 40% – em parceria com a Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e CNOOC Limited (10%). O consórcio tem ainda a participação da companhia estatal Pré-Sal Petróleo (PPSA), que exerce o papel de gestora deste contrato de exploração e produção.

A capacidade de processamento do Santos Dumont passará dos atuais 1,1 Pflops para 5,1 Pflops (5,1 milhões de bilhões de operações matemáticas por segundo), um aumento em torno de 360% nessa capacidade. 

Esta expansão permitirá que aplicações científicas possam ser executadas em um ambiente computacional capaz de oferecer resultados em menor tempo e com maior precisão. Será a maior plataforma computacional instalada na América Latina disponível para pesquisas em Ciência e Tecnologia.

D Imagem 21-11-19 às 09.24.jpg (1.04 MB)

D Imagem 21-11-19 às 09.26 (005).jpg (857 KB)

D Imagem 21-11-19 às 09.25 (006).jpg (872 KB)

Crédito: Matheus Mendonça/LNCC

Fonte:

https://www.lncc.br/noticia/LNCC_EXPANDE_A_CAPACIDADE_DE_PROCESSAMENTO_DO_SUPERCOMPUTADOR_SANTOS_DUMONT_DE_1.1_PFLOPS_PARA_5.1_PFLOPS/1501